.Posts Recentes :

. PREFÁCIO DO RELATÓRIO DO ...

. ARQUITECTURA COVILHANENSE...

. VOLTA A PORTUGAL DOS LIVR...

. REGIÃO DE TURISMO DA SERR...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

.Arquivos :

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Pesquisar neste Blog

 

.Uma Rádio feita só para ti

.tags

. todas as tags

.Apresentação de final de período

Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

ANIMAIS EM VIAS DE EXTINÇÃO OU ACLIMATIZAÇÃO ?

                                      

                              RESERVA DA MALCATA

                                  NÃO CONSEGUE ESQUECER OS LINCES

 

 

No dealbar dos anos oitenta, assistimos, no nosso pais, a uma escalada de manifestações ecológicas muito significativas, em prole da defesa do Lince da Serra da Malcata, uma das muitas espécies em vias de extinção. Foi, então, que as vozes se fizeram ouvir e se passou à prática : acabou por ser criado, num vasto território compreendido entre os concelhos de Penamacor e do Sabugal,- para se ter uma pequena ideia das dimensões envolvidas, falamos, em concreto, de uma área com, cerca de, 16500 hectares -  um espaço para protecção do felino mais ameaçado do planeta.

Os vestígios da presença do lince em terras lusas, em particular na Malcata, seu derradeiro bastião oficial, remontam há vários anos a esta parte. No entanto, muitas das altas expectativas criadas, viram os seus dias correr de mal a pior. Um rasgo de esperança voltou, apesar de tudo, a assomar aos responsáveis locais e a reanimar os mais directos interessados : havia-se ponderado a possibilidade de instalar um centro reprodutor em cativeiro, em regime de parceria com o Centro espanhol em Donana, o único no mundo a criar linces em cativeiro.

Acontece, porém, que o Ministério do Ambiente, ainda muito recentemente, optou por atribuir a localização do Centro Nacional de Reprodução em Cativeiro de Lince Ibérico, para a zona de Silves, na região algarvia. Não haja dúvidas de que, por vezes, as dificuldades parecem amontoar-se em catadupa.

Seja como for e, é por esse motivo que os Surreal destacaram esta notícia, os respeitáveis dignatários subscritores desta nobre causa e os mais altos responsáveis da tutela destas pastas, não deixam de esboçar um rasgado sorriso, quando olham para o futuro que se avizinha : é quase um imperativo categórico, por várias razões, que a Reserva Natural da Serra da Malcata, veja reconhecido todo o seu trabalho – espera-se, por conseguinte, que o Estado Português, por intermédio das suas instâncias cimeiras, não olvide congratular todos os esforços desenvolvidos, quanto mais não possa ser, concedendo a autorização para o acolhimento do novo centro de aclimatização.

Este tipo de espaços inovadores pretendem, tão somente, ajudar a desenvolver um novo centro de adaptação do lince ao estado selvagem, constituindo-se como um ponto intermédio entre o regime de cativeiro e de o de liberdade.

 

Esperam-se melhores dias para todos. Os Surreal subscrevem esta vaga de esperança.

Sinto-me: LINCE DA MAL ... ÁSIA ....
Publicado por $urrealHumanity às 17:34
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|

.Lloret de Mar

.Mais sobre mim

.Tu fazes parte deste número

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Favoritos :

. Apresentações CCC on the ...

.LinKs

blogs SAPO

.subscrever feeds