.Posts Recentes :

. PREFÁCIO DO RELATÓRIO DO ...

. ARQUITECTURA COVILHANENSE...

. VOLTA A PORTUGAL DOS LIVR...

. REGIÃO DE TURISMO DA SERR...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

.Arquivos :

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Pesquisar neste Blog

 

.Uma Rádio feita só para ti

.tags

. todas as tags

.Apresentação de final de período

Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

NOVO REGIME JURÍDICO DAS ÁREAS REGIONAIS DE TURISMO

 

 

 

CASTELO BRANCO, IDANHA-A-NOVA  E

VILA VELHA DE RÓDÃO, FINALMENTE, INTEGRADOS

NO NOVO FORMATO DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL,

 AO NÍVEL DO TURISMO

 

 

   Os principais concelhos abrangidos pelo Geoparque da Meseta Meridional da Naturtejo, concretamente, os de Castelo Branco, de Vila Velha de Ródão e de Idanha-a-Nova - que esperamos, a todo o momento, poder visitar, também, dada a sua inserção na dinâmica do nosso projecto, à escala regional -, viram-se, recentemente, integrados na recém-criada Organização Territorial, no âmbito do Turismo, por decisão do Conselho de Ministros, a 12 de Dezembro último.

 

 

   As dezanove Regiões de Turismo e as oito Juntas, a par das várias zonas turísticas existentes, independentemente, da boa, ou má, funcionalidade operativa de cada uma, acabaram por ser, profundamente, remoduladas em novas cinco Áreas Regionais de Turismo, acrescidas de Cinco Pólos de Desenvolvimento Turístico, em correspondência biunívoca com  as da Nomenclatura UTS II.  Não devemos permanecer alheios, dentro deste novo quadro legislativo, agora, em vigor, ao novo regulamento das entidades gestoras, também, previsto no âmbito do Plano Estratégico Nacional do Turismo.

 

 

   Segundo escreve a articulista Leonor Veloso, na última edição do Jornal do Fundão, a deputada socialista, Horense Martins, - eleita pelo Distrito de Castelo Branco - em sede de debate legislativo enquanto membro do Grupo Parlamentar do seu partido, no passado dia 20 de Dezembro, classificou de "inovador" este novo paradigma de gestão, dado a prevista capacidade de auto-financiamento e a forte aposta no incentivo ao envolvimento directo dos vários agentes privados, com forte pendo interventivo.

 

 

   Como se não bastasse, a deputada albicastrense foi, inclusive, mais longe, nas afirmações proferidas em plenário : "É a lógica do produto que determina uma promoção eficaz, mas também, tem que ter, por base, uma organização territorial lógica que favoreça o trabalho dos agentes económicos do sector."

 

 

     No seguimento e quase em jeito de desfecho conclusivo, Hortense Martins sentencia, em defenitivo, a contenda argumentativa seguida pelas várias frentes das barricadas político-ideológicas envolvidas : "(...) Dormidas crescem mais 5,4 % (...) hóspedes crescem 7,4 % (...) Por tudo isto, podemos dizer que o Turismo está no bom caminho (...)" .

 

 

     

         

       cf. Semanário "Jornal do Fundão", Ano 62, Nº 3203, de 3 de Janeiro de 2008, "Distrito é beneficiado com a reforma no turismo", pp 5

 

        Jornal do Fundão E-mail   :  redaccão@jornaldofundao.pt .

 

                                            12 DE DEZEMBRO DE 2007

 

        O novo regime estabelece a criação de cinco áreas regionais de turismo, correspondentes às NUTS II, e define o quadro regulador das respectivas entidades gestoras, bem como das entidades gestoras dos cinco pólos de desenvolvimento turísticos identificados no Plano Estratégico Nacional do Turismo.

Sinto-me: UM TURISTA DE TIRAR O CHAPÉU !
tags:
Publicado por $urrealHumanity às 14:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|

.Lloret de Mar

.Mais sobre mim

.Tu fazes parte deste número

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Favoritos :

. Apresentações CCC on the ...

.LinKs

blogs SAPO

.subscrever feeds