.Posts Recentes :

. PREFÁCIO DO RELATÓRIO DO ...

. ARQUITECTURA COVILHANENSE...

. VOLTA A PORTUGAL DOS LIVR...

. REGIÃO DE TURISMO DA SERR...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

.Arquivos :

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Pesquisar neste Blog

 

.Uma Rádio feita só para ti

.tags

. todas as tags

.Apresentação de final de período

Segunda-feira, 24 de Março de 2008

BOAS PRÁTICAS NO ÂMBITO DO DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO, CONSUMADAS PELA HISTÓRIA UNIVERSAL : IZMIR II

 

IZMIR, UMA CIDADE TURCA

DE OLHOS POSTOS NA EUROPA ...

 

 

 

 

 

   Terceira cidade da Turquia, Izmir espera poder acolher a Exposição Universal de 2015. Em boa verdade, diga-se, en passant, que argumentos não lhe faltam. Dois mil e seiscentos anos, de uma história conturbada e rica, são o testemunho do importante papel que, desde tempos quase imemoriais, tem jogado na charneira entre o Ocidente e o Oriente.

    Seja como for, tem vivido de "olhos postos" na vizinha Europa, com uma economia, tendencialmente, moderna - onde, não é de negligenciar, a sua forte propensão para o turismo, motivado, é certo, em boa parte, pela enorme riqueza arquitectónica e termal.

    Ora, aqui nos encontramos, portanto, frente a um muito sério perfil de cidade-modelo, atrevendo-nos, mesmo, a afirmar, de acordo com as exigências requeridas pelo Bureau Internacional das Exposições.

    A decisão final será dada a conhecer a 31 de Março próximo.

 

cf.  Tradução, a cargo do Professor Supervisor, Nelson Agostinho, do artigo do :

Le Monde Diplomatique - Supplément Izmir, Mars 2008, 55º année - Nº 648,

"Une ville turque tournée vers l´Europe", de Nicole Pope, pp 1-3

 

 

 

 

 

    Hoje, os SurrealHumanity convidam a simpática e rejuvenescida Blogosfera afecta ao concurso "Cidades Criativas", a revisitar um pouco da história e das especificidades desta lindíssima localidade, no limbo entre a Europa e a Ásia - o Véu do Eurásia (expressão nossa).

  

     O nome Izmir, rezam as crónicas, de acento grego - eis teen Smyrna - significa "em direcção a Esmirna". Segundo a lenda, foi fundada por colonos gregos, no dealbar do séc. VII a.C., e, pouco a pouco, foi-se tornando uma das mais ilustres cidades gregas da Anatólia, na qual muito floresceram as matemáticas. 

 

 

     Conhecedora do domínio romano, polvilhada por múltiplos templos e de um portentoso teatro antigo, muitas vezes foi conotada como a "jóia da Ásia e magno trunfo do Império". Curiosamente, foi um dos locais escolhidos por São Paulo, no decurso da sua viagem pela Ásia Menor, por volta do ano 50 d.C. (53-56 d.C.), para ali construir uma das primeiras igrejas.

  

   Não obstante este auge de sucesso, a cidade foi sendo vítima de sucessivas pilhagens e de um forte período de declínio, tendo sido atacada  : pelos Seléucidas, em 1082 d.C. ; pelos Genoveses, em 1261 ; pelos Cavaleiros de São João de Jerusalém, em 1344 ; por Tamerlan, em 1402 ; e, por Veneza, em 1472. Todavia, os meandros insondáveis da lógica histórica, haviam-lhe resguardado, nos alvores do séc. XV, um renascimento comercial peculiar, muito por obra e graças da sua situação geográfica singular, onde o Mar Mediterrâneo faz, precisamente, uma "entrada triunfal" na extremidade ocidental do continente asiático. 

   

    Depois de 1600, Izmir volta, por força das suas condições portuárias únicas na região, a viver uma segunda época áurea, não deixando de ser caricato o facto de, desde o começo, os destinos do comércio local se encontrarem nas maõs de estrangeiros. Corria o ano de 1630, quando vê confirmado o seu estatuto de cidade internacional, albergando cônsules venezianos, holandeses, ingleses e franceses. Basicamente, era, aqui, nesta magnífica cidade portuária, o local onde quer europeus, quer asiáticos, vinham adquirir as mercadorias de que tanto necessitavam.

 

     Quanto a nós, SurrealHumanity, devemos clarificar que a escolha da velha Esmirna, enquanto presumível referência dos próximos anos, não é, de todo, isenta de imparcialidade : prende-nos, como é natural, a sua história de confluência pacífica entre as três grandes religiões monoteístas - um interessante manancial de experiências de diálogo inter-religioso e de entendimento de paz, entre os seus habitantes.

    Pretendendo os ilustres académicos europeus da época reclamar a si a mais alta moral em matéria de tolerância religiosa, a verdade nua e crua é bem outra - temos de estar receptivos a ouvir, da boca da história, determinado tipo de realidades, mesmo que chocantes para "o nosso chauvinismo ocidental" : enquanto na Europa da altura, vigorava uma espécie de conformismo religioso meio histérico, em Izmir reinava, serenamente, um clima de "liberdade de religião total" - aliás, um pouco como acontecia em diversos nichos do Levante de então.

     Oiçamos, por breves instantes, alguns dados apurados : por inícios de setecentos, a localidade levantina contava com dezanove Mesquitas, três Igrejas Católicas Latinas, duas Igrejas Gregas Ortodoxas, duas Igrejas Arménias e - imagine-se bem - oito Sinagogas.

 

 

 

 

     Tudo isto e muito mais, concentrado num único local, a ponto de levar o conhecido François René de Chateaubriand, por altura da sua peregrinação à Cidade Santa em 1806, a defini-la como : "uma outra Paris, (...) uma espécie de oásis civilizado, uma Palmeira no meio dos desertos e da barbárie". Já para não falarmos nas reputadas tabernas, nas quais impera a mais genuína boémia, das suas famosas danças e mulheres esbeltas e do seu cunho carnavalesco ímpar ; uma cidade da alegria cosmopolita ...

 

 LE MONDE DIPLOMATIQUE

(CONTINUA AMANHÃ ...)

 

Sinto-me: NOS LIMITES DO SER EUROPEU !
Publicado por $urrealHumanity às 14:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
|

.Lloret de Mar

.Mais sobre mim

.Tu fazes parte deste número

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Favoritos :

. Apresentações CCC on the ...

.LinKs

blogs SAPO

.subscrever feeds