.Posts Recentes :

. PREFÁCIO DO RELATÓRIO DO ...

. ARQUITECTURA COVILHANENSE...

. VOLTA A PORTUGAL DOS LIVR...

. REGIÃO DE TURISMO DA SERR...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

. EXCERTOS DA PRODUÇÃO LITE...

.Arquivos :

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Pesquisar neste Blog

 

.Uma Rádio feita só para ti

.tags

. todas as tags

.Apresentação de final de período

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

ENTREVISTA DIRECTA COM O ACTUAL PRESIDENTE DA JUNTA DE FREGUESIA DO TORTOSENDO, DR. CARLOS ABREU

               

          

           Como não poderia deixar de ser, os SurrealHumanity, representando a Vila do Tortosendo, tudo fizeram ao seu alcance para assegurar uma entrevista com a principal figura local : o Presidente da Junta de Freguesia, Dr. Carlos Abreu.

Depois de um cordial e amistoso acolhimento, prontamente, se dispôs a conceder algum do seu precioso tempo, com a intenção clara de nos proporcionar mais algumas informações úteis, sobretudo, as referentes às últimas conquistas da sua actividade governativa.

 Convém sublinhar, desde logo, que a figura de proa da instância autárquica tortosendense, goza de uma grande simpatia junto dos eleitores residentes, tanto mais que detém a tutela desde Janeiro de 1994 – já lá vão, qualquer coisa como 13 anos.

 

                Fiquem, pois, com a nossa entrevista …

 

      P: Há quantos anos é que se encontra á frente dos destinos da Junta de Freguesia do Tortosendo, na qualidade de seu Presidente?

R: “Tomei posse como Presidente da Junta de Freguesia de Tortosendo, em 13 de Janeiro de 1994.”

    P: Quais os motivos que o levaram a candidatar-se a Presidente da Junta de Freguesia do Tortosendo?

R: “Candidatei-me porque julgava necessário realizar um conjunto de obras e iniciativas, capazes de modernizar o Tortosendo, respondendo, assim, aos inúmeros apelos que os tortosendenses me fizeram nesse sentido.”

 

   P: Das obras que já realizou, indique duas ou três que considera de maior relevo para a Freguesia?

R: “Sem dúvida, o Parque Industrial do Tortosendo e o PARKURBIS. São as grandes obras implantadas na freguesia, não só pela sua dimensão, mas principalmente, pelas perspectivas que abrem ao desenvolvimento local, concelhio e mesmo regional.

 

A construção dos fogos de habitação social e a erradicação total das barracas existentes na freguesia, a construção e entrada em funcionamento do novo infantário do Tortosendo, a entrada em funcionamento do Centro de Saúde, a abertura do eixo TCT e o seu prolongamento à estrada do Dominguiso ,- incluindo o acesso ao bairro dos Pinhos Mansos-  a construção da rotunda e fonte luminosa, a construção do monumento aos ex-combatentes, a requalificação da Fonte da Cale, a requalificação da zona envolvente ao mercado municipal do Tortosendo, a iluminação da igreja, capelas e fontanários, a conservação das escolas básicas do 1º ciclo, a construção de um pavilhão multiusos na escola Montes Herminios, a abertura do Jardim-de-infância Ovo Magico no Bairro do Cabeço, a construção da piscina de Tortosendo, a requalificação do Largo da Feira, com a construção de uma esplanada com a dignidade que o local merece, o Parque de Campismo Carlos Pinto, a requalificação do Bairro das Machetes e Praça da Liberdade, a requalificação do Jardim Público e a implantação de parques infantis no Bairro do Cabeço, Pinhos Mansos, zona do Mercado, Largo da Feira, o reforço da iluminação pública em toda a freguesia, o alcatroamento de diversos caminhos rurais estruturantes, a recarga no pavimento nas ruas da malha interior da Vila, o arranjo da Avenida Viriato incluindo os passeios, o arranjo do largo e acessos ao Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, a abertura de novo acesso ao Casal da Serra, a requalificação do parque de merendas e circuito de manutenção, a construção de bancadas no polidesportivo dos Pinhos Mansos, o apoio na reparação do pavilhão do Unidos do Tortosendo, o apoio às colectividades e instituições do Tortosendo, são diversas realizações importantes na freguesia que vieram melhorar, substancialmente, a qualidade de vida dos nossos concidadãos.”

 

   P: Quais as obras que não realizou por certos motivos e que gostava de realizar?

R: “Existem projectos importantes que gostaria de ver concretizados (sem ordem de grandeza, ou importância):

- A construção do Parque S. Miguel;

- A construção de uma casa mortuária;

- A construção/implementação da casa da cultura do Tortosendo;

- A ampliação da sede do CPT Pinhos Mansos e requalificação da zona envolvente;

- A construção de um pavilhão multiusos no Casal da Serra;

- A construção de um pavilhão multiusos na Escola da Feira;

- A construção de um edifício para actividades culturais e recreativas no Bairro do Cabeço;

- A requalificação da Avenida Montes Hermínios e Avenida de Santiago;

- A requalificação do Bairro dos Escabelos;

- A ampliação do Jardim-de-infância Ovo Mágico;

- A construção de espaço para desportos radicais;

- A construção de uma piscina no Parque de Campismo.”

 

    P: Em que medidas é que o Parque Industrial do Tortosendo veio contribuir para o desenvolvimento da Freguesia?

R: “Em boa hora, a Câmara Municipal da Covilhã, confrontada com o enorme sucesso da Zona Industrial do Canhoso e com a procura crescente por parte dos agentes económicos endógenos e exógenos por solo industrial, e para requalificar, arquitectónica e ambientalmente, a malha urbana do Concelho, teve a visão de lançar as bases para a criação de uma Zona Industrial. E escolheu, muito bem, escolheu o Tortosendo. Esta vila de ancestrais tradições industriais viu ser implantado, nos seus terrenos, um dos mais modernos parques industriais.

A Zona Industrial do Tortosendo com uma área de 810.000 m2, localiza-se no sítio do Garrocheiro, a menos de 1km da Vila do Tortosendo, a cerca de 5km da Covilhã, e os acessos rodoviários fazem-se com recurso à EN 18 e possui acesso directo à A23. Nas suas imediações, está projectado o acesso Itinerário Complementar 6 (IC6), que permitirá uma ligação privilegiada a Coimbra e, por conseguinte, aos portos marítimos.

Em termos de outras acessibilidades, a Zona Industrial do Tortosendo encontra-se localizada a 500 metros da Estação dos Caminhos-de-Ferro, que pode, também, vir a assumir características de terminal de mercadorias, e a 2km do Aeródromo Municipal da Covilhã.

A evolução da área da Zona Industrial do Tortosendo deu-se mediante duas fases, perspectivando-se, actualmente, a necessidade de uma nova expansão. A inauguração da 1.ª fase ocorreu no dia 9 de Setembro de 2000 e a da 2.ª fase, no dia 17 de Setembro de 2005.

Hoje em dia, encontram-se atribuídos 133 lotes a empresas, que se dedicam a uma diversidade de actividades, entre as quais, os lanifícios, o vestuário, a metalomecânica, a construção civil…

Em termos de infra-estruturas, esta zona industrial encontra-se dotada das mais modernos apetrechos: rede de água para consumo industrial; saneamento Básico; iluminação pública; rede de telecomunicações; rede de gás natural; ruas interiores devidamente pavimentadas; elevado número de zonas verdes e passeios pedonais.”

 

     P: O Tortosendo tem alguns parques habitacionais envelhecidos. O que esta proposto ou pensado para os renovar?

R: “Relativamente às casas degradadas, temos vindo, em conjunto com a Câmara Municipal, a proceder ao levantamento das necessidades, demolindo as que ameaçam a integridade física dos cidadãos e a procurando recuperar as outras. Apesar de, no miolo central da Vila, existirem muitas casas degradadas, o Tortosendo é, sem dúvida, uma das freguesias onde mais se tem construído, não só ao nível dos particulares, mas também, no campo da habitação social.”

 

 P: Acha que as estruturas de apoio aos idosos e as crianças, já satisfazem as necessidades da população local?

R: “Com a construção de novo Infantário, onde está instalado o Centro de Assistência Social, colmatou-se uma grave lacuna, neste âmbito particular.

Relativamente ao apoio aos idosos, sem dúvida, continuam a faltar estruturas. Seria, por isso, talvez necessário a construção ou ampliação do Lar de Idosos, uma vez que, como sabemos, a esperança de vida tem vindo a aumentar substancialmente e o Tortosendo é uma freguesia de dimensão considerável (a maior fora da cidade da Covilhã).”

Sinto-me: JORNALISTA DE CATEGORIA ...
Publicado por $urrealHumanity às 12:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos Favoritos

.Lloret de Mar

.Mais sobre mim

.Tu fazes parte deste número

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Favoritos :

. Apresentações CCC on the ...

.LinKs

blogs SAPO

.subscrever feeds